segunda-feira, abril 30, 2012

Salada de Feijão Branco

Hoje é feriado, porque segunda-feira véspera de feriado é feriado, né? Felizmente não trabalho, digo, oficialmente, porque trabalhar eu trabalho todo dia, Francisco não me dá folga nunca, ainda mais que está engatinhando tudo, aprendeu a subir escada, ganhou 2 dentes... Uma gostosura! Aproveitei o dia (e a babá em casa) para colocar algumas coisas em dia, inclusive cozinhar!

Essa receita é para não dizer que eu só posto comidas que engordam, essa saladinha de feijão é super completa, fácil de fazer e uma delícia!


Receita:
  • 250g de feijão branco
  • 1 cebola pequena cortada em cubinhos bem pequenos
  • 1 tomate grande ou 2 pequenos, sem sementes e cortados em cubos
  • 1/2 pimentão (verde + vermelho + amarelo) cortado em cubos bem pequenos (eu não gosto de pimentão, mas a galera aqui em casa adora)
  • salsa a gosto
  • vinagre
  • azeite de oliva
  • sal
Deixe os feijões de molho por aproximadamente 3 horas, troque a água e leve para cozinhar até que fiquem macios (no caso de uma panela comum isso quer dizer mais de 1 hora no fogo)!
Em um bowl misture os feijões + cebola + tomate + pimetões + salsa, tempere com sal + pimenta + vinagre + azeite e está pronto! 

domingo, abril 22, 2012

Bolos, bolos e mais bolos

Acho que agora entrei definitivamente no mundo dos bolos decorados / confeitados / personalizados (tudo junto)! Nas últimas semanas estive atolada em açúcar impalpável, corantes, essências e pasta americana, me faltou tempo até para respirar, mas o resultado compensou!

Esse Palhaço foi a minha segunda encomenda e um grande desafio, quebrei a cabeça pensando como faria esse cabelo, como recortar o bolo no formato do rosto, como segurar o chapéu. Aff, esse chapéu foi um drama, estava tão tensa que levantei a madrugada toda para ver se ele tinha despencado, mas graças a Nossa Senhora do Armengue, ele se manteve em pé até o fim da festa!

O bolo do palhaço foi inspirado nesse aqui, da Cake Design Karina Kruschewsky!


Decidi que até o aniversário de 1 ano de Francisco vou fazer um bolo todo mês, é uma oportunidade de testar novos recheios, massas, tirar umas dúvidas, treinar com a pasta americana, além de reunir a família e usá-la como cobaia para os meus experimentos!

Para comemorar os 9 meses escolhi um bolo da Galinha Pintadinha. Essa galinha é minha melhor amiga atualmente (só empata com a babá, que anda um doce de coco), é botar o DVD da turma da pintadinha que ele fica hipnotizado, o cansaço some, o choro vai embora, uma beleza! 

Não tinha um modelo em mente, só tinha modelado a galinha pela manha, no mais fui fazendo, fazendo e saiu assim! Na verdade eu estava muito cansada, já era tarde da noite, apesar do carinho em fazer um bolo para ele, a inspiração foi sumindo a medida que o sono foi aumentando!


Não adianta ser bonito e não ser gostoso! Esse era bolo branco com recheio de abacaxi e doce de leite!


E o Nemo? Não posso dizer que é um Nemo, é um peixe palhaço, tipo o Nemo!




Adorei fazer esse bolo para o aniversário na escola do filho de uma amiga, o pedido foi assim: "queremos um bolo pequeno do Nemo", pronto. Fiquei livre para criar o que quisesse, nenhuma pressão, nenhum bolo para "copiar", assim é fácil ser feliz!

Por falar em copiar bolo, esses dias disse para uma provável cliente (estou muito metida, agora tenho clientes), não tem como fazer um bolo igual ao de ninguém, nem mesmo igual a um que eu tenha feito anteriormente. Cada bolo é único, personalizado, artesanal, nenhum é igual ao outro. Claro que dá para pegar alguma imagem para ter uma idéia, se inspirar ou mostrar o que você quer, mas igual não rola.

Sem contar que a  cliente, quer um bolo super hiper mega power maravilhoso de uma Cake Designer dos meus sonhos e eu não faço a menor idéia se consigo chegar no chinelo dela (estou com um mega frio na barriga)! Se der tudo certo (ou não) eu volto para mostrar o bolo!

Ah, e juro que não vou virar a chata dos bolos, tá? É que estou empolgada no momento!

segunda-feira, abril 16, 2012

Crostata de Limão

Essa é a sobremesa mais fácil de todos os tempos, chega a ser sacanagem (pode falar sacanagem, né?) eu querer ensinar isso para alguém! É tão "não receita" que em breve Francisco vai fazer para o almoço de domingo na casa da minha sogra. Mas acredite se quiser, aprendi com uma amiga que trabalhava em um restaurante super conceituado, eles faziam essa sobremesa lá e bombava!


"Receita":
  • 1 pacote de bolacha Maizena
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 caixinha de creme de leite (não tinha no original, mas acrescentei para quebrar o doce)
  • suco de 1 ou 2 limões siscilianos, a gosto (pode ser limão taiti também)
  • Raspas de limão para decorar
Triture o biscoito maizena, formando uma farofinha, reserve! Misture o leite condensado, o creme de leite e o suco de limão, reserve!

Forre o fundo de um potinho ou tacinha com um pouco da farofinha de biscoito, ponha o creme de limão em cima e decore com as raspas de limão, leve a geladeira até a hora de servir! Só isso, mas fica delícia!

sábado, abril 07, 2012

Bacalhau Gratinado

Estamos na semana santa, então vamos no bom e velho bacalhau, esse eu fiz outro dia, quando minha mãe veio fazer minha horta e acabou ficando para almoçar! No meio da correria da papinha de Chico, me arrumar para o trabalho, fazer o almoço... Acabou saindo esse bacalhau, usando o que tinha em casa (só tinha 2 unidades de batata inglesa e 2 de batata doce) e um pouco de bacalhau salgado que vinha ibernando no fundo da geladeira! Na receita original só usava batata inglesa e creme de leite, que substitui por molho branco, no mais é tudo bem parecido!

De tão fácil, dá até para repetir para o almoço de amanhã!


Receita:
  • 400g de bacalhau seco/salgado
  • 2 batatas inglesas
  • 2 batatas doces (ou doce?)
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 2 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 400ml de leite
  • noz moscada 
  • sal 
  • 25g de parmesão ralado (meio pacotinho)
Não deixei o bacalhau de molho, só lavei com um pouco de água fria, não queria tirar todo o sal, mas para isso é preciso ter cuidado com a quantidade de sal dos outros ingredientes.
Descasquei, fatiei em rodelas e cozinhei as batatas, reservei.
Para o molho branco, derreti a manteiga, acrescentei a farinha de trigo, é preciso mexer para não deixar queimar, acrescente o leite e mexa até engrossar (cuidado para não empelotar*). Acerte no sal, acrescente noz moscada e está pronto.

Em um refratário, fiz uma cama de batatas, uma camada do bacalhau desfiado, joguei o molho branco por cima, polvilhei queijo parmesão e levei para gratinar!

*Se o molho empelotar, passe na peneira e pronto!

Rende 4 porções generosas!

domingo, abril 01, 2012

1/2 kg de Feijão e 2 Confissões

Antes de falar da receita, preciso fazer 2 confissões:

  1. Morro de medo de panela de pressão e nunca tinha usado uma até hoje!
  2. Nunca tinha feito feijão em toda a minha vida!
A questão com a panela de pressão é a seguinte, sempre ouvi "causos" de panela de pressão que explodiu, furou o teto, voltou e destruiu o fogão, algo do tipo. Acho que o barulho que ela faz também ajudava a me assustar, não tenho certeza, só sei que nem tinha panela de pressão em casa, comprei outro dia por pressão da minha empregada!

E o feijão? Bom, não é verdade que nunca tinha cozinhado feijão na vida,  já tinha cozinhado feijão em panela comum, para fazer chilli e só, mas nunca fiz feijão assim, tipo mini feijoada. O fato é que sempre tive alguém para fazer feijão para mim, inclusive deixar congelado nos potinhos, mas minha empregada saiu para ter bebê antes do previsto e me deixou com todos os ingredientes para o feijão.

Foi questão de honra! Como eu iria ficar 4 meses sem comer feijão só porque tinha medo de panela de pressão? Fui a luta e venci, venci meus medos e o feijão ficou bem gostosinho para uma principiante!




Agora que já confessei minhas fraquezas, podemos passar para a receita:

  • 1/2 kg de feijão preto (AMO feijão preto)
  • 1 liguiças calabresas cortadas em rodelas
  • 1 cebola grande picada
  • 4 dentes de alho picado ou amassado
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • sal a gosto

O primeiro passo é separar o feijão, porque no saco vem outras coisas que não são feijões, tipo isso:

tem milho, pedra...

Deixe o feijão de molho por aproximadamente 6 horas (fazer feijão dá trabalho, deve ser porisso que nunca tinha feito antes)!

Escorra o feijão (descarte a água em que ele estava de molho) e coloque na panela de pressão coberto com o dobro de água! Tampe a panela e leve ao fogo, quando começar a apitar, conte 45 minutos e desligue o fogo. Espere sair toda a pressão, ou parar de apitar, antes de tirar a tampa da panela para ver se o feijão está macio. Se preciso, volte o feijão para o fogo (não precisa ser na pressão) até que fique macio.

Enquanto isso, em uma outra panela ponha o azeite, a cebola picada, o alho e refogue, em seguida acrescente 1 concha de feijão, misture e despeje na panela onde está o restante do feijão. Acrescente a calabresa e deixe cozinhar um pouco com a panela destampada. Acerte o sal e pronto.

Rendeu 4 porções para 3 pessoas (aproximadamente, depende da fome de cada um)!